Deixa-se Ajudar: Terceiro Domingo do Tempo Pascal

O EVANGELHO DA MISSA relata – nos outra aparição de Jesus na própria tarde do dia da Páscoa.
Dois discípulos, voltavam à sua aldeia, Emaús, profundamente desanimados porque Cristo, em quem haviam colocado as sua esperanças havia morrido. Cristo ressuscitado se aproxima, deles sem ser reconhecido.
Então contam a Jesus o que aconteceu na tarde da Sexta feira, falam sobre a morte de Jesus.
A conversa com Jesus revela a imensa tristeza, a falta de esperança, pelo fato que havia acontecido. Eles disseram: Nós esperávamos que fosse Jesus, que haveria de restaurar Israel, mas ele morreu e então, eles estavam profundamente decepcionados, nós acreditávamos em Cristo, mais ele não fez o que esperávamos.
E Então Cristo ressuscitado, estava caminhando ao lado deles e perguntando, qual era o motivo da tristeza deles. Se fizermos um profundo exame de consciência, compreenderemos, que o motivos, por vezes da nossa tristeza, falta de esperança, depressão, ansiedades e nervosismo é porque não percebemos como os discípulos de Emaús que Cristo ressuscitado, está ao nosso lado caminhando conosco e não percebemos a sua presença e achamos, que estamos caminhando sozinhos, sem o apoio de Cristo, parece que as vezes também achamos que ele morreu e nos abandonou, mas não ele está vivo ao nosso lado.
Os dois discípulos sabiam da promessa de Cristo sobre a sua Ressurreição ao terceiro dia, e naquela mesma manhã tinham  ouvido as Santas Mulheres, dizer que tinham visto o sepulcro vazio e os anjos; Não faltavam para eles motivos para acreditarem na ressurreição. E não obstante, falam de Cristo como, um fato passado como alguém que estivesse morto. São imagem viva da falta de esperança.
É possível que nós também mergulhemos alguma vez na falta de esperança, ao vermos os defeitos que não acabamos de vencer, as dificuldades no trabalho Pastoral ou no trabalho profissional, que nos parecem insuperáveis. Nessa ocasiões se nós deixamos ser ajudados, Jesus estará ao nosso lado vivo , ressuscitado, para nos ajudar, Jesus não permitira que nós afastemos dele. Talvez seja na direção espiritual, na confissão, oração ou na Santa Missa que veremos novamente o Senhor vivo e faremos a experiência de Cristo em nosso coração.
Vamos, fazer a experiência de Cristo, que nos dará a felicidade a Paz a graça da fidelidade a vocação a que somos chamados, pois sem a graça da oração, da confissão, da Santa missa e da leitura sobre o Matrimonio e o Sacerdócio se torna difícil, sermos fieis a vocação que fomos chamados nesse mudo que nos oferece, tantas propostas, contrarias a vontade de Deus. Nós devemos de pedir a Deus como São Josemaría Escrivá, pedia que possamos ter uma vontade inflamada de sermos fieis a vontade de Cristo.
O próprio Cristo disse: “ AQUELE QUE FOR FIEL NA PEQUENAS COISAS TAMBÉM O SERÁ NAS GRANDES”. O Cristão, que não relaxa nos pequenos deveres do seu trabalho profissional, que luta para se manter na presença de Deus no dia – dia, o marido que é fiel a esposa nos pequenos afazeres da vida diária; o estudante que prepara as suas aulas todos os dias, esses são os caminhos para ser fiel quando os compromissos se tornam, maiores.
A fidelidade até o fim da vida exige que se saiba, começar e recomeçar, quando por fragilidade ouve algum tropeço; Podemos por fraqueza e covardia, negamos a vontade de Deus  como São Pedro dizendo : “ EU NÃO CONHEÇO, ESSE HOMEM, EU NÃO CONHEÇO A SUA VONTADE” Mas também como Pedro podemos nos arrepender profundamente e voltamos com, muita humildade como o Filho Pródigo a chegar , como a exemplo de São Pedro a darmos a vida pelo Senhor.
Ao terminarmos a nossa Reflexão, dizemos a Jesus Cristo como os Discípulos de Emaús: “ FICA CONOSCO SENHOR, PORQUE JÁ É TARDE E O DIA RECLINOU” FICA CONOSCO SENHOR, PORQUE SEM TI NÃO CONSEGUIMOS SER FIÉIS”.
Oremos irmãos uns, pelos outros para que possamos ser fiéis a vontade de Deus e orai também por mim, vaso de Argila para que possa sempre cumprir a vontade de Deus.
 QUE NOSSA SENHORA E OS ANJOS E SANTOS SEMPRE INTERCEDAM POR NÓS.
LOUVADO SEJA NOSSO SENHOR JESUS CRISTO.